Perguntas Frequentes – FAQ

As respostas para as perguntas frequentes estão separadas por área.

Perguntas Gerais

Para Médicos e Dentistas

Para Pacientes

Para Farmácias

Perguntas Gerais

A plataforma RECEITA DIGITAL é gratuita?

Sim, a plataforma nas opções de prescrição (médicos, dentistas, etc), dispensação de medicamentos (farmácias) e acesso às receitas médicas (pacientes), sempre será gratuita. Ofereceremos outros serviços complementares que poderão ser contratados em cada módulo de acordo com o seu público, se desejarem.

A plataforma RECEITA DIGITAL vende dados a terceiros?

Não. Prezamos pela segurança dos dados dos nossos clientes. Não abrimos mão da segurança dos dados e trabalhamos em conformidade com a LGPD – Lei geral de Proteção de Dados.

Quais os certificados digitais aceitos para fazer as prescrições digitais e dar baixa nas receitas de medicamentos nas farmácias?

A Receita Digital não faz distinção de tipos e modelos de certificados digitais. (nuvem, token ou cartão com chip).  Os prescritores e farmacêuticos podem escolher o que for mais conveniente para o seu dia a dia de trabalho. Aceitamos todos os certificados para assinatura digital desde que sejam dentro do padrão ICP- Brasil.

Como reconhecer que a receita foi feita na plataforma RECEITA DIGITAL?

Existem várias formas de reconhecer se a receita eletrônica que você recebeu foi gerada dentro da plataforma RECEITA DIGITAL. No rodapé de todas as nossas receitas, existe a informação “Consulte esta prescrição em www.receitadigital.com” , No campo da dispensação para as farmácias existe a informação “Esta prescrição será válida com o registro de dispensação em www.receitadigital.com” e ainda, neste momento, basta verificar a logomarca no canto superior esquerdo da receita. Em breve, teremos a personalização dos modelos das receitas para médicos, dentistas e demais prescritores.

Fiz o meu cadastro, mas não recebi o e-mail de confirmação para fazer a senha. O que fazer?

Se isso aconteceu, não se preocupe. Se você inseriu um endereço de e-mail válido, a primeira providência é verificar se o e-mail não foi para o Lixo eletrônico ou caixa de spam. Isso acontece por ser a primeira vez que você acessa a nossa plataforma. Se este foi problema, no e-mail que você recebeu clique em “Não é Spam/lixo eletrônico”. Os próximos e-mails chegarão normalmente na sua caixa de entrada.

Caso você realmente não tenha recebido o e-mail de ativação entre na plataforma e na tela de login e senha, clique em “Esqueci a senha”. Um novo e-mail será enviado.

Se nenhuma dessas tentativas funcionarem, entre em contato conosco. Pode ter havido alguma divergência na digitação do seu e-mail. Iremos verificar o mais rápido possível.                                          

Para Farmácias

É possível fazer a dispensação fracionada dos medicamentos dentro da plataforma Receita Digital?

Sim! A plataforma da Receita Digital já prevê a dispensação fracionada de medicamentos. Se a farmácia só tem 2 dos medicamentos de 3 prescritos, a farmácia poderá vender 2 e deixar 1 pendente para o cliente comprá-lo em outro estabelecimento.

As receitas emitidas pela RECEITA DIGITAL são passíveis de validação nos VERIFICADORES do ITI?

Sim! As prescrições da RECEITA DIGITAL estão em total conformidade com os validadores dos certificados digitais padrão ICP-BRASIL do ITI. Em breve as verificações serão automáticas dentro da plataforma.

Antibióticos podem ser vendidos sem receita controlada?

Não.  Desde 2010, este tipo de medicamento passou a ser vendido somente mediante apresentação de receita controlada. Estes medicamentos podem ser prescritos via receita digital.

Como validar a prescrição da Receita Digital na farmácia?

Temos um passo a passo bem simples para ajudá-lo a validar a receita digital.

1º Verifique se o Pdf está ok:   

2º Verifique se a assinatura está ok

3º Verifique se os dados do médico ou dentista estão completos – ok

4º Verifique se os dados do paciente estão completos – oK

5º Faça o upload do pdf no verificador do ITI:

Médicos: assinaturadigital.iti.gov.br

Dentistas: verificador.iti.ogv.br

Estando ok, insira os dados do comprador e dispense a receita do freguês!

6º A plataforma gerará um código de dispensação que poderá ser anotado no campo correspondente da receita impressa.

Posteriormente, se precisar consultar o PDF dentro da plataforma, basta ir no menu principal e busca-la no “Histórico de retenções” 

Se uma drogaria tem mais de um farmacêutico, o cadastro é pela farmácia ou pelo farmacêutico?

O cadastro de farmácias sempre será pelo CNPJ da farmácia e CPF do responsável (dono da farmácia) O farmacêutico sempre aparecerá como responsável técnico. No cadastro da farmácia. Portanto, mesmo que a farmácia tenha mais de um farmacêutico, neste momento, você cadastrará apenas o responsável técnico.  Daqui algumas semanas, as farmácias poderão cadastrar mais de um farmacêutico ligado a ela, mas sempre terá um responsável técnico. Esses dados poderão ser alterados a qualquer momento.

O que a farmácia precisa ter para seu farmacêutico dispensar os medicamentos prescritos na Receita Digital?

A farmácia precisa ter um computador conectado à internet, acesso aos sites validadores do ITI e ser cadastrado na plataforma RECEITA DIGITAL.

Lembramos que o ato da dispensação é responsabilidade técnica do farmacêutico, porém a dispensação poderá ser feita por um atendente sob sua supervisão.

A Receita Digital é válida, mas os dados de prescrição ultrapassam os 30 dias. Posso aceitar?

As receitas digitais seguem as mesmas normas e padrões da ANVISA válidas para as receitas em papel.

Portanto, se a receita se tratar de um medicamento que em papel possa ser dispensado com mais de 30 dias da data de prescrição, você poderá dispensá-lo.

Caso seja um medicamento cujo vencimento na receita tenha que obedecer obrigatoriamente ao prazo de 30 dias a partir dos dados de prescrição, você pode solicitar o cliente ou trocar a receita.

O paciente enviou um arquivo pelo Whatsapp, posso aceitar?

Se você adotou os procedimentos de validação deste arquivo, e estiver tudo certo, sem problemas.

Posso receber um arquivo enviado diretamente pelo médico?

O correto é o arquivo ser entregue ao paciente, que por sua vez, buscará a farmácia de sua preferência para comprar seus medicamentos. O fato de ser digital não muda esta orientação. Contudo, se você tiver algum problema ao validar o arquivo, você pode entrar em contato com o prescritor, da mesma forma que faz hoje quando tem algum problema com a receita em papel.

Para Médicos e Dentistas

Quais os certificados digitais aceitos para fazer as prescrições digitais e dar baixa nas receitas de medicamentos nas farmácias?
A Receita Digital não faz distinção de tipos e modelos de certificados digitais. (nuvem, token ou cartão com chip). Os prescritores e farmacêuticos podem escolher o que for mais conveniente para o seu dia a dia de trabalho. Aceitamos todos os certificados para assinatura digital desde que sejam dentro do padrão ICP- Brasil.
A Receita Digital emite receitas por conta própria ou faz consultas médicas online? (Telemedicina)
Esta é uma pergunta muito frequente, principalmente de pessoas que precisam de medicamentos com urgência. A resposta é não. A RECEITA DIGITAL é apenas um sistema, uma ferramenta para viabilizar a prescrição e dispensação de medicamentos. Não possuímos médicos próprios da plataforma para prescrever receitas. Eventualmente indicamos parceiros que fazem o trabalho de telemedicina para tentar ajudar nossos clientes, ou estamos integradas com esses tipos de sistema, mas não somos uma plataforma de telemedicina.
As receitas emitidas pela RECEITA DIGITAL são passíveis de verificação no site do ITI?
Sim! As prescrições da RECEITA DIGITAL estão em total conformidade com os validadores dos certificados digitais padrão ICP-BRASIL do ITI. Em breve as verificações serão automáticas dentro da plataforma.
Posso assinar uma prescrição digital com o cerificado digital da minha empresa (E-CNPJ)?

Não. De acordo com as normas da Anvisa, CFM e CFO as prescrições digitais só podem ser assinadas obrigatoriamente com um certificado digital padrão ICP -Brasil de Pessoa Física (E-CPF). Isso porque as receitas devem ter um médico ou dentista responsável por aquela prescrição. A assinatura feita por meio do certificado digital garante a autenticidade de origem e autoria, integridade de conteúdo e confidencialidade. Se quiser saber mais sobre este assunto, leia o artigo “Certificado Digital e sua importância”

Posso assinar uma receita com outro tipo de certificado digital, além do padrão ICP- Brasil?

Não. O médico ou dentista deve ter um E-CPF (certificado digital para pessoas físicas) dentro do padrão ICP- Brasil. Este modelo autorizado pela ANVISA para prescrever
medicamentos de forma digital, é único que gerará uma assinatura digital válida para ser
reconhecida no verificador de assinaturas do ITI (Instituto Nacional de segurança da
Informação). Portanto, é obrigatório o uso do certificado ICP-Brasil.

Como fazer uma receita digital dentro da plataforma?

O prescritor precisará de um certificado digital para assinar as receitas e precisará cadastrar o paciente. Incluir os medicamentos selecionados na base de dados, escrever a posologia e selecionar a quantidade de caixas do medicamento prescrito automaticamente. Salve a assinar a receita em PDF. Para mais detalhes, sugerimos ler o passo a passo no nosso blog e assistir o vídeo demonstrativo.

A plataforma RECEITA DIGITAL já vem com o certificado digital?

Não. A plataforma é um sistema gratuito para gerar prescrições e dispensar as receitas digitais.
O certificado digital ICP-Brasil, deve ser confeccionado por empresas especializadas e
autorizadas pelo ITI – Instituto Nacional de Segurança da Informação. Para fazer o seu de forma rápida, fácil e com 50% de desconto, clique aqui

Para Pacientes

Eu (paciente) moro em SP e minha médica mora no RJ. A receita digital emitida por ela vale em SP?

Sim! As receitas digitais possuem validade nacional! Todos os receituários médicos e de dentistas, inclusive os de medicamentos sujeitos à controle especial têm validade nacional. É o que determina a Lei 13.732, publicada no dia 9 de novembro de 2018 e em vigor desde o dia 7 de fevereiro de 2019. Para o paciente, a nova regra facilita a compra de medicamentos com receita em qualquer estado ou no Distrito Federal, independentemente da cidade/estado onde ela foi emitida.

A Receita Digital emite receitas por conta própria ou faz consultas médicas online? (Telemedicina)

Esta é uma pergunta muito frequente, principalmente de pessoas que precisam de medicamentos com urgência. A resposta é não. A RECEITA DIGITAL é apenas um sistema, uma ferramenta para viabilizar a prescrição e dispensação de medicamentos. Não possuímos médicos próprios da plataforma para prescrever receitas. Eventualmente indicamos parceiros que fazem o trabalho de telemedicina para tentar ajudar nossos clientes, ou estamos integradas com esses tipos de sistema, mas não somos uma plataforma de telemedicina.

Startup acelerada por

        

Siga a Receita Digital nas Redes Sociais